7 curiosidades sobre Rodrigo Caetano

0

Rodrigo Caetano é um dos melhores executivos de futebol do Brasil, com passagens por Internacional e Flamengo, o dirigente vive a fase mais vencedora da carreira já tendo conquistado 5 títulos pelo Galo. O Portal do Atleticano levantou 7 curiosidades sobre o diretor que vem marcando seu nome na história do Galo

7- Já foi jogador de futebol

Embora tenha tido uma carreira de pouco destaque, Rodrigo Caetano foi jogador antes de virar diretor de futebol. Ele deu seus primeiros passos como atleta no Grêmio, em 1988, onde ficou até 1991. Depois de sair do Imortal, passou por equipes de menor expressão até se aposentar em 2003.

6- Começou sua carreira como executivo no Grêmio

Assim como sua carreira como jogador, sua carreira como executivo de futebol também começou no Grêmio. Caetano deu seus primeiros passos na base do Tricolor, onde ajudou a revelar grandes talentos como Anderson, Douglas Costa e Lucas Leiva. Na equipe principal, ficou de 2005 a 2008, tendo vencido o Campeonato Gaúcho em duas oportunidades e sendo vice-campeão da Libertadores em 2007.

5- Ajudou o Vasco a subir

Após se destacar no Grêmio, Rodrigo foi trabalhar no Vasco da Gama, que havia acabado de ser rebaixado para a segunda divisão pela primeira vez em sua história. Sob sua gestão, o Gigante da Colina venceu a Série B em 2009 e retornou à primeira divisão. Caetano ainda conquistou a Copa do Brasil 2011 pelo clube carioca. Em 2014 retornou ao Vasco, que havia novamente sido rebaixado e ajudou o Cruzmaltino a conseguir o acesso, dessa vez sem o título da B.

4- Reduziu a dívida do Flamengo em quase R$400 milhões

O Atlético hoje tem uma dívida de R$1,3 bilhões, a maior do futebol brasileiro. Apesar disso, não é nenhuma novidade para Rodrigo Caetano trabalhar em equipes endividadas. Quando começou seu trabalho no Flamengo, o rubro-negro tinha uma dívida de R$750 milhões, ao lado do presidente Eduardo Bandeira de Melo, Caetano conseguiu reduzir a dívida do Fla para R$360 milhões. Foi também sob sua gestão que Vinícius Júnior foi vendido ao Real Madrid por 45 milhões de Euros.

3- Quase foi para o São Paulo antes de fechar com o Galo

Antes de ser anunciado como diretor de futebol do Atlético em janeiro de 2021, Caetano esteve muito próximo de ser diretor do São Paulo. Segundo o jornalista Jorge Nicola, em dezembro de 2020, o então recém eleito Júlio Casares já havia acertado verbalmente todos os termos para que Rodrigo assumisse o departamento de futebol do Tricolor.

Quando a notícia vazou na imprensa, a torcida São Paulina não gostou do nome e fez um grande movimento nas redes sociais para barrar sua contratação. Casares, que estava em seus primeiros atos como presidente, não quis enfrentar a torcida e abriu mão do acordo verbal que tinha com Caetano.

2- Já foi campeão brasileiro pelo Fluminense

Rodrigo Caetano foi diretor de futebol do Fluminense entre 2012 e 2013, tendo sido fundamental para montar o grupo que seria campeão brasileiro em 2012 justamente em cima do Atlético. Pelo Tricolor das laranjeiras ele também conquistou o Campeonato Carioca de 2012.

1- Galo é a equipe por quem mais conquistou troféus

Desde que chegou ao Atlético em janeiro de 2021, Caetano já conquistou 5 títulos: o do Campeonato Mineiro (2x), o da Copa do Brasil, o do Campeonato Brasileiro e o da Supercopa do Brasil. Seu trabalho no Galo já é o mais vitorioso de sua carreira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco