Atacante marca mais uma vez e se torna improvável herói do Galo na Libertadores

0

O atacante Ademir foi um dos reforços do Galo para a temporada de 2022, ele chegou a Cidade do Galo após uma ótima temporada pelo América-MG em 2021. Em seus primeiros meses o camisa 19 foi uma espécie de talismã do técnico Antonio Mohamed, sempre saindo do banco e mudando partidas. Foi assim que marcou o gol da vitória contra o Cruzeiro no Mineiro e o gol de empate contra o América, na Libertadores.

As boas atuações fizeram com que a torcida do Atlético-MG pedisse que Ademir ganhasse mais minutos entre os titulares. Por conta da lesão de Keno e da saída de Savarino, o camisa 19 finalmente ganhou uma oportunidade entre os titulares.

Apesar disso, o Fumacinha encontrou muita dificuldade em fazer a diferença começando partidas e foi muito criticado pela torcida atleticana. Nos últimos dois jogos contra o Flamengo, ele saiu do banco para aumentar a vantagem alvinegra nas partidas e na partida de ida das oitavas de final da Libertadores, também foi seu o único gol alvinegro na partida.

Ademir e Mohamed abrem o jogo após empate do Galo

Após o empate em 1×1 com o Emelec, Ademir falou sobre os momentos que viveu desde que chegou ao Atlético. O atacante destacou que a confiança do treinador Antonio Mohamed foi fundamental para que ele voltasse a marcar gols e atuar no mais alto nível:

“Acredito que (o bom momento) passa principalmente pela confiança do professor. A gente teve uma conversa e ele externou a confiança que ele tinha em mim, disse que no momento certo as coisas iam acontecer e continuou me dando oportunidades. Graças a Deus, as coisas começaram a acontecer. Tenho muito a agradecer a ele e a todos os jogadores também por confiar. Agora é continuar trabalhando, seguir firme para continuar crescendo aqui no Galo.”

El Turco também falou sobre o atacante e destacou que conversou muito com ele. Segundo o argentino, Ademir só precisava ter um pouco mais de calma:

“Eu falava muito com ele que ele tinha que ter calma, que ele tinha muitas condições de ser um jogador importante. Então, é muito bom para ele, porque ele é uma pessoa muito humilde, muito trabalhador, com muita fome de títulos, de triunfar. Então, mereceu isso, mas tem que seguir trabalhando para seguir conseguindo coisas.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco