Eterno ídolo do Atlético-MG, Leonardo Silva completa 43 anos

0

Leonardo Silva é o maior zagueiro da história do Atlético, além de ser o maior zagueiro artilheiro da história do clube com 36 gols. Um deles foi na final da Copa Libertadores de 2013, levando o jogo aos pênaltis e com título para o time mineiro.

O defensor, que completa 43 anos hoje, foi o capitão do clube nas conquistas da Copa do Brasil de 2014, da Recopa de 2014 e dos Campeonatos Mineiros de 2015 e 2017. Léo Silva fez 390 jogos pelo Galo e conquistou oito títulos.

Leonardo Silva já foi rival do Atlético

Se hoje o zagueiro é um dos maiores ídolos do Galo, em um passado nem tão distante, ele foi rival. Antes de defender o alvinegro, teve uma excelente passagem pelo Cruzeiro entre 2009 e 2011, sendo inclusive finalista da Copa Libertadores pelo rival.

Apesar disso, Léo deixou o Cruzeiro em 2011 em meio a uma série de polêmicas para defender o Atlético. Sua estreia com a camisa preto e branca foi justamente um clássico vencido por 4×3 pelo Galo. Deixar o Cruzeiro para jogar pelo rival pode ter sido polêmico, mas para Leonardo Silva foi a melhor decisão de sua carreira:

“Considero a história no Atlético fundamental para que minha carreira se tornasse o que é hoje. No Atlético, tive transição difícil, não só de mudança de equipe, mas também de afirmação. Passamos por um momento conturbado em 2011. Não conseguimos o título mineiro e ainda brigamos contra o rebaixamento no Brasileiro, mas, em seguida, houve virada de página. Fomos bicampeões mineiros e ainda vencemos a Copa Libertadores e conquistamos mais títulos, dando continuidade à mudança do clube fora e dentro de campo. Fico feliz por ter participado dessa transição no Atlético”, disse o ídolo em uma entrevista.

Léo Silva e Réver na defesa do Galo

Leonardo formou uma parceria incrível com o zagueiro Réver entre 2011 e 2014, a dupla ficou conhecida como as torres gêmeas do Galo.

Além disso, Léo ajudou a formar alguns zagueiros no Atlético: Jemerson, Gabriel e Bremer fizeram sua estreia pelo alvinegro atuando ao lado do camisa 3, que foi fundamental no desenvolvimento dos jovens. Em entrevista o The Athletic, Bremer ressaltou a importância de Leonardo Silva em sua carreira:

“Eu lembro que o Leonardo tinha quase quarenta anos e ainda jogava em alto nível, eu sempre observava ele. Sempre marcava gols incríveis de cabeça, a bola vinha e ‘bang’, ele marcava. Ele era um campeão. Ganhou muitas coisas, incluindo a Libertadores de 2013”, contou.

Leonardo Silva atualmente é coordenador do time de transição do Atlético, fazendo o elo entre as categorias de base e o profissional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco