Ex-técnico revela apelido de Gabriel Barbosa na Europa e torcida do Galo enlouquece

Na última segunda-feira (25), uma polêmica envolvendo uma rivalidade interestadual veio à tona. O duelo entre Galo e Flamengo é considerado a maior rivalidade interestadual do Brasil, desde 1981, após partida cheia de questionamentos em relação ao árbitro que era carioca. Fez a partida que é considerada por muitos amantes de futebol, o maior roubo do futebol brasileiro.

O jogador do Flamengo, Gabriel Babosa, conhecido com Gabigol, questionou um lance de Hulk, na partida contra o Coritiba, realizada no último sábado. O atleta ironizou a arbitragem que não expulsou o jogador do Galo, dizendo que se fosse com ele, seria diferente, “Cartão vermelho, 25 jogos de suspensão… e direto para a delegacia por agressão”.

Hulk que geralmente não se envolve em polêmicas, já foi testado em outras oportunidades e resolveu se pronunciar: “Quando congela a imagem, o ângulo pode parecer mais do que realmente é. Falta clara e na minha opinião, do árbitro e do VAR foi lance para amarelo. Meu foco é aparecer para mídia dando o meu melhor dentro de campo e ajudando minha equipe e não pegar embalo em alguém que tem muito mais moral que eu em nível mundial para aparecer!”.

Gabigol foi alvo de críticas após polêmica

Gabigol não saiu bem como imaginava com o comentário, e foi duramente criticado por se “vitimizar”, ainda foi comparado ao Arthur do BBB.

Os torcedores ainda compararam os números dos atletas e relembraram uma declaração de Frank de Boer, ex-técnico de Gabriel na Internazionale de Milão: “Quando chegou me disseram que era um jogador fantástico e que o chamavam de Gabigol. Mas nós o chamávamos de Gabi-não-gol na Itália”.

Após pronunciamento de Hulk, Gabigol disse que foi falta de interpretação da parte do atleta do Galo, que estava criticando a arbitragem, não propriamente o jogador.

Comentários estão fechados.