Galo de olho: Conmebol revela toda discussão do VAR na expulsão de Allan

0

O Atlético-MG empatou em 1×1 com o Emelec no primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores. Embora não seja um resultado ruim, o torcedor atleticano ficou com um gosto amargo, uma vez que o Galo esteve à frente do placar, teve chances de virar a partida e complicou um jogo que estava simples, em uma partida complicada, ao cometer um pênalti infantil e ter um atleta expulso.

Tanto no pênalti de Nathan Silva, quanto na expulsão de Allan, o juiz precisou do auxílio do árbitro de vídeo para tomar sua decisão. A Conmebol divulgou o áudio da cabine do VAR no lance do cartão vermelho do volante atleticano. Embora bem expulso, alguns torcedores ficaram na bronca alegando que o jogador do Emelec, que trombou no camisa 29 também deveria ser expulso. Confira o diálogo:

Victor Carrillo (VAR): Veja aqui, veja aqui, Jonny

Fernando Rapallini (Árbitro): Sinceramente eu não vi (o que aconteceu)

Victor Carrillo (VAR): Fefo (árbitro), te convido a visualizar no monitor por um possível cartão vermelho

Fernando Rapallini (Árbitro): De quem? Avisa-me

Victor Carrillo (VAR): Do 29 de branco (Allan), mas primeiro veja toda sequência

Victor Carrillo (VAR): Avise-me quando chegar

Fernando Rapallini (Árbitro): Já estou aqui

Victor Carrillo (VAR): Está vendo, Fefo?

Fernando Rapallini (Árbitro): Estou vendo, vamos

Victor Carrillo (VAR): Veja a reação de ambos

Fernando Rapallini (Árbitro): Pode seguir

Victor Carrillo (VAR): Passa em velocidade normal

Victor Carrillo (VAR): Imagem mais próxima. Agora

Fernando Rapallini (Árbitro): Quero ver o número. Número 29. A bola não estava em jogo

Fernando Rapallini (Árbitro): Vermelho por uma agressão ao número 29 branco. E amarelo ao número 20 azul

Victor Carrillo (VAR): É o correto”

Técnico do Galo elogia arbitragem

Embora alguns torcedores jogadores tenham reclamado com o juiz sobre o pênalti marcado para o Emelec e sobre a não expulsão de Jackson Rordíguez, o treinador Antonio Mohamed achou que o árbitro acertou em ambos lances e elogiou à atuação da equipe de arbitragem:

“É muito difícil que o VAR se equivoque. Eu vi à imagem (da expulsão) e há um contato entre ambos, uma rinha, uma peleja e o nosso jogador se esquenta demais. É um erro que não podemos cometer. Nessas circunstâncias tem que se ter a cabeça fria. Não tem o que dizer, para mim foi uma grande arbitragem.[…] Me parece que foram boas decisões, tanto os dois pênaltis, quanto à expulsão. “

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco