Galo é eliminado, Hulk passa batido e se rende ao futebol do Flamengo

0

A noite de quarta-feira (13), teve um desfecho inesperado aos torcedores do Galo, com a eliminação da Copa do Brasil. No duelo de ida, o Atlético venceu por 2 a 1, conquistando uma importante vantagem para o segundo jogo, que acabou não sendo aproveitada. O clube mineiro poderia conquistar a vaga com apenas um empate, ou decidir nos pênaltis, em caso de derrota por um gol de diferença.

O Flamengo foi superior na partida, estava em busca da classificação, jogou para vencer, e venceu, por 2 a 0. Enquanto o Atlético, não conseguiu finalizar em nenhuma oportunidade no gol do adversário, e o maior artilheiro do Galo, Hulk, diferente do duelo em Belo Horizonte, quando marcou um dos gols, não teve espaço para mostrar sua habilidade. O jogador reconheceu a força do Flamengo em campo:

”Era uma final de 180 minutos. Conseguimos o resultado em casa. Sabíamos da vantagem, mas sabíamos que ia ser difícil. No primeiro tempo a gente jogou muito atrás. O Flamengo é uma equipe muito qualificada e teve muita posse. Mas tem muito ainda para acontecer esse ano, temos Libertadores, temos Brasileiro. Agora é focar para buscar títulos esse ano”, disse em entrevista à Globo.

Ainda presente em duas importantes competições, a torcida não se mostra satisfeita com as atuações do técnico Mohamed, principalmente demonstrando a preocupação de disputarem as quartas de final da Libertadores, com o Palmeiras, com um elenco tão instável. No Brasileirão, o Atlético está na quarta colocação, com 28 pontos.

Hulk reclama da arbitragem contra Flamengo

O Galo vem de um empate contra o São Paulo, no Mineirão, partida que trouxe diversas polêmicas entre Hulk e a arbitragem. O atleta revelou até uma ameaça do árbitro Anderson Daronco, “cuidado com o que você vai falar depois do jogo”, por não ser a última partida que iria apitar do Atlético. A relação com a arbitragem não tem sido fácil para Hulk, e novamente trouxe reclamações na partida de ontem.

“Eu não posso falar nada, que dizem ser chororô com os árbitros. Não é, velho. Joguei 90 minutos hoje e não sofri uma falta. Será que nenhuma foi? É muito difícil”, desabafou o atleta em entrevista pós-jogo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco