Já são quase 300 dias sem nenhuma derrota do Galo no Mineirão

0

Evidentemente o Atlético-MG vive um dos principais momentos de sua história na atualidade. Campeão brasileiro, da Copa do Brasil, Mineiro, Supercopa, tudo em menos de 365 dias. Jogo após jogo, o Galo vai superando suas marcas e batendo recordes no futebol brasileiro. Uma fase que o torcedor vai guardar para sempre na memória.

Jogando em casa, onde historicamente sempre mostrou sua força, os dados indicam que o Atlético consegue superar a marca de 300 dias sem lembrar de derrotas no Mineirão. A última derrota está distante, 31 de maio de 2021, há exatos 293 dias, quando o time foi surpreendido pelo Fortaleza na abertura do Campeonato Brasileiro.

São 30 jogos no Mineirão desde aquela partida, com a impressionante marca de 27 vitórias e apenas três empates, Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro, e Boca Juniors e Palmeiras pela Libertadores; campeonato no qual o Atlético-MG foi eliminado invicto.

A Caldense ainda decidirá para qual estádio de Belo Horizonte vai mandar o primeiro jogo da semifinal. A tendência, no entanto, é que o time de Poços de Minas que não poderá atuar na cidade por não possuir estrutura para o VAR, escolha o Independência. Se o jogo for para o Horto, o Atlético voltará ao Mineirão apenas no dia 27, exatamente quando completarão 300 dias de invencibilidade no estádio.

Desde a reinauguração do estádio pós-reforma, em 2013, o Galo soma 101 jogos no Gigante da Pampulha. Venceu 76, empatou 14 e perdeu apenas 11 vezes. São 215 gols marcados, contra 75 sofridos. Por lá, levantou os títulos da Libertadores, Recopa Sul-Americana, duas Copas do Brasil, além de fazer a festa do título do Brasileiro do ano passado diante do Bragantino.

Melhor campanha do Galo em 10 anos

A vitória sobre a Caldense, fez o Galo fechar a primeira fase do Campeonato Mineiro na liderança isolada, com 28 pontos. Campanha que iguala o melhor retrospecto do time nesta etapa da competição durante a última década.

Desde 2013, o Atlético atingiu a atual pontuação apenas em 2019, quando era comandado por Levir Culpi e, em 11 jogos, teve campanha de nove vitórias, um empate e uma derrota – exatamente igual à de 2022.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco