Por briga com empresário Galo tem premiação bloqueada

0

O Atlético-MG é uma das grandes potencias do futebol brasileiro, mesmo contanto com um elenco recheado de super estrelas, o clube ainda é um dos que mais deve no Brasil. Uma de suas dívidas, é com o empresário André Cury, que tem cerca de 20 processos abertos contra o Galo e alega ter direto a receber R$52 milhões por ter intermediado as negociações de Guilherme Arana, Lucas Pratto, Eduardo Vargas, Rafael Dudamel, Marcos Rocha e outros.

Por conta dessa dívida com Cury, os R$33 milhões que o Atlético teria direito a receber pela conquista do Brasileiro de 2021 foram bloqueados pela justiça. O clube entrará com recurso para tentar reaver o dinheiro.

Empresário com processos contra o Galo é fundamental na renovação de Vargas

Mesmo tendo processos contra o Galo, André Cury ainda goza de prestígio dentro do clube e mantém boa relação com a diretoria atleticana. Uma prova disso é que o empresário esteve presente na comemoração do título brasileiro conquistado pelo alvinegro em dezembro do ano passado.

Cury é também o empresário de Eduardo Vargas, camisa 10 do Atlético, que está em seu último ano de contrato e se aproxima de uma renovação com o Alvinegro. Segundo o presidente Sérgio Coelho, os processos do empresário contra o clube não interferem em nada na renovação do chileno:

“”Eu não acredito que isso venha a ser um dificultador porque o Vargas está muito bem aqui, recebe o salário em dia, gosta do Atlético. Acredito que ele vá querer continuar aqui, está adaptado à cidade. Não acredito em retaliação por parte do André.”

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco