Réver: o zagueiro multicampeão pelo Atlético Mineiro

0

Quando o zagueiro Réver chegou ao Atlético Mineiro em 2010, ele encontrou um clube extremamente endividado, sem ganhar um título de expressão há muitos anos e brigando constantemente contra o rebaixamento.

O eterno capitão atleticano foi peça fundamental na virada de chave do Galo na última década, sob sua liderança, o clube foi campeão Mineiro em e vice do Brasileirão em 2012, além de ter conquistado o Campeonato Mineiro e a taça Libertadores em 2013, maior troféu da história centenária do Alvinegro, que foi levantado por Réver.

Em 2014 ele também fez parte do grupo que levantou a Copa do Brasil e a Recopa Sul-Americana.

Réver trocou o Atlético MG pelo Inter

Em 2015, o zagueiro deixou Belo Horizonte e foi defender o Internacional, onde apesar de ter sido campeão Gaúcho, teve passagem de pouco destaque e foi emprestado para o Flamengo.

Pelo rubro-negro, Réver voltou aos seus grandes dias, se tornando capitão de uma equipe que sempre brigava por títulos, mas que por detalhes não era campeã.

Retorno para a sua casa

Após 4 anos longe, ele voltou a Cidade do Galo em 2019, onde reeditou pela última vez a lendária parceria com o companheiro de zaga Leonardo Silva. O primeiro ano do retorno foi ruim, mesmo sendo titular, o Galo vivia um momento complicado e terminou o ano brigando para não cair.

Foi em 2020, sob o comando do Argentino Jorge Sampaoli, que as coisas começaram a mudar. Turbinado com um grande investimento, o Galo voltou a ganhar o Campeonato Mineiro, mais um troféu levantado por Réver. Apesar disso, a equipe era muito instável e acabou perdendo a liderança do Campeonato Brasileiro, ficando a apenas 3 pontos do campeão, Flamengo.

A histórica temporada de 2021

Após a doída perda do Brasileiro em 2020, o Atlético chegou em 2021 pronto para por fim a uma seca de 50 anos sem o Campeonato Brasileiro, além do forte elenco montado em 2020, o clube ganhou os reforços de Nacho Fernandez e Hulk.

Nem mesmo a saída de Jorge Sampaoli foi um empecilho, uma vez que Cuca, treinador campeão da Libertadores em 2013 retornou ao clube. Com um elenco estrelado, o Galo venceu o Campeonato Mineiro e voltou ao lugar mais alto do futebol Brasileiro, mais uma vez, foi Réver quem ergueu a taça.

Para coroar o grande ano de 2021, o clube ainda venceu a Copa do Brasil, outro troféu que o capitão atleticano ergueu. As conquistas de 2021 deram ao Atlético o direto de disputar a Supercopa do Brasil contra o Flamengo, torneio que o Galo venceu após uma épica disputa de pênaltis.

Mesmo não tendo jogado, Réver recebeu a braçadeira de capitão de Hulk e ergueu mais um troféu com a camisa alvinegra. Os únicos títulos que o camisa 4 não conquistou com o Atlético foi o Mundial de clubes, torneio que disputou em 2013, mas em que o Galo foi eliminado na semifinal pelo modesto Raja Casablanca, do Marrocos, e a Sul-Americana.

Pelo Atlético são mais de 300 jogos.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco