Técnico do Galo ficou enojado com derrota para o Flamengo

0

Na última quarta-feira (13) o Atlético-MG foi derrotado por 2×0 pelo Flamengo e acabou eliminado da Copa do Brasil de forma precoce. Para muitos, incluindo o zagueiro Júnior Alonso, foi o pior jogo do Galo em muito tempo:

“Minha vida está marcada pelos erros e pelos acertos, vitórias e derrotas. Faz parte do jogo. Teremos tempo de nos lamentar, mas amanhã já trabalhamos para pensar no jogo de domingo. Difícil explicar agora. A gente fez um péssimo jogo, um dos piores desde que cheguei aqui. Agora difícil de explicar mas com certeza a gente vai olhar jogo e tentar reparar os erros. Doí a eliminação mas a vida segue, temo muito pela frente: Libertadores, Brasileirão. Temos que seguir trabalhando.”

O treinador Antonio Mohamed se disse enojado com a forma como à equipe foi derrotada, ele ainda afirmou que espera que no próximo jogo espera que à equipe dê a volta por cima:

“Nos superaram em intensidade, não pode acontecer. Temos que estar bravos hoje, enojados. Estou enojado porque não gosto de perder e mais que nada pela forma como perdemos.  Tem que se fazer silêncio com a derrota e voltar a recuperar a humildade para o próximo jogo, para que a equipe volte a jogar como sempre jogou.”

Embora tenha criticado bastante à atuação, El Turco fez questão de destacar que confia bastante em seu elenco e que vai trabalhar para recuperar não só a parte física, como também psicológica de seus atletas, uma vez que embora o time tenha sido eliminado da Copa do Brasil, ainda tem outras competições a disputar:

“Sempre confio no time. Temos que resgatar a parte psicológica e a parte física. Nas duas situações, hoje, estamos abaixo. Temos que recuperar isso, é verdade. No fim de semana, temos que voltar a ganhar para buscar a liderança no Brasileirão e continuar no nosso objetivo. Deixamos um objetivo pelo caminho, mas há outros dois objetivos para buscar.”

Antonio Mohamed balança mas segue no Galo

Segundo o jornalista Thiago Fernandes, a direção atleticana que em um primeiro momento optou por manter Antonio Mohamed no comando do Galo, já conversa entre si para encerar o vínculo de El Turco com o Atlético. Até então foram 43 jogos, 26 vitórias, 12 empates, 5 derrotas e 2 títulos conquistados.

Em contato com a reportagem do Portal do Atleticano, o diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, garantiu que não foi procurado por ninguém da diretoria alvinegra para falar sobre uma possível demissão de Mohamed, “Se alguém está falando, isso, esqueceram de falar comigo!” afirmou o dirigente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco