Capitão do Atlético-MG fala sobre arbitragem do jogo contra o Botafogo

0

O Atlético-MG tem reclamado bastante da arbitragem nos últimos meses e após o fim do jogo contra o Botafogo, o clube mais uma vez ficou na bronca com as decisões tomadas pelo árbitros. Na saída do Estádio Nilton Santos, o atacante Hulk, falou sobre a polêmica envolvendo à anulação do segundo gol do Atlético:

“Eu não vi o lance, poderia ter sido o gol do Keno, não sei se o Ademir estava (impedido) ou não. Me disseram que não, que foi pênalti, mas eu prometi para mim mesmo que não falo mais de árbitro até porque nós vamos ser sempre os errados. O Claus é um cara que eu respeito para caramba, desde o primeiro jogo que apitou nosso sempre foi muito correto, se ele errou, faz parte. O mais importante é sair daqui com a liderança.”

O diretor de futebol Rodrigo Caetano foi mais incisivo, cobrando mais agilidade da CBF para atender os pedidos do Galo:

“A gente faz o rito como é exigido no regulamento. Só não dá para ser velocidade para uns, morosidade para o Galo. Tem acontecido as solicitações do Galo e de outros clubes. Desde o jogo contra o Avaí que a gente pediu o áudio (do VAR), e não tivemos nem resposta. Nos causa estranheza, nos deixa chateados por termos dois pesos e duas medidas. Segundo a comissão de arbitragem, teve erro no jogo entre São Paulo e Palmeiras. Na mesma noite, houve a divulgação do áudio do VAR e o afastamento dos árbitros do VAR.”

Hulk destaca importância da vitória do Atlético-MG

O Atlético-MG chegou para o jogo contra o Botafogo extremamente pressionado por conta da eliminação para o Flamengo na Copa do Brasil e mesmo sem fazer uma partida brilhante, conseguiu uma importante vitória que coloca provisoriamente o time na ponta da tabela.

Após o fim do jogo, o atacante Hulk falou sobre à atuação da equipe. Ele fez questão de ressaltar que embora o Botafogo viva um momento ruim, o jogo foi extremamente complicado e que a equipe consegui focar para fazer um bom jogo:

“A gente tem que procurar focar porque depois de três dias tem um jogo tão importante aqui contra o Botafogo, que é uma equipe que vem passando por um momento não tão bom e estava dando à vida para ganhar. A gente também estava dando à vida para ganhar e sair daqui com a liderança. Um jogo muito disputado, que teoricamente parece fácil, mas que quando a gente entra dentro de campo a gente sabe a dificuldade que é contra um time que está precisando ganhar para sair da zona.”

O camisa 7 ainda destaca que mais importante do que o placar, era somar três pontos e vencer a partida:

“ Poderíamos ter feitos mais gols, criamos, tentamos desde o início, mas o mais importante é a vitória. Hoje se tratando da posição que a gente está na tabela, é como se fosse uma goleada.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco