Guga abre o jogo e revela estratégia do Atlético-MG na Libertadores 2022

0

O Atlético-MG enfrenta o Emelec logo menos as 19:15 pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Para o lateral Guga, por se tratar de um confronto eliminatório, o Galo precisa ter sua atenção redobrada, uma vez que qualquer erro pode ser fatal:

“Jogo mata-mata é diferente de um Brasileiro, onde você tem que ter estratégias, dobrar atenção, porque esses jogos são definidos em detalhes. Nós vimos no ano passado, diante do Palmeiras, que foi um detalhe que nos tirou. A gente sabe da importância de ganhar aqui, viemos com esse intuito, mas a gente tem que ser bem cuidadoso. Não tem necessidade de se expor tanto. Tem o jogo da volta, mas viemos com pensamento de buscar a vitória.”

O lateral também afirmou que o clube aprendeu com a eliminação para o Palmeiras em 2021, quando saiu de forma invicta por cota da regra do gol fora de casa. No jogo da ida o Galo perdeu um pênalti e no Mineirão, Nathan Silva falhou no gol de empate do Porco:

“(Ficou de lição) Que a gente tem que minimizar ao máximo os erros, porque é crucial. É um campeonato muito forte, com equipes de muita qualidade, então a gente tem que estar atento à cada lance, a cada segundo da partida, porque isso pode ser o diferencial no final.  A gente tem que entrar com o máximo de atenção para evitar os erros, evitar as falhas e ser mais objetivo na parte da frente para que a gente consiga os gols.”

Atlético-MG nunca venceu no Equador

O Atlético-MG tenta quebrar um tabu diante do Emelec: o de nunca ter vencido no Equador. Em quatro partidas no país foram 3 derrotas e um empate. Perguntado sobre o assunto, o lateral Guga não se mostrou incomodado com o tabu e afirmou que são apenas números:

“Acho que os números são apenas números, nós sabemos da nossa capacidade, como falei, viemos aqui buscar a vitória. Logo após a entrevista a gente vai estudar, se aprofundar no jogo, o professor vai passar tudo o que for necessário para gente buscar a vitória. A gente sabe que Libertadores não tem jogo fácil, são sempre jogos muito difíceis, principalmente fora de casa. A gente vai montar nossa estratégia para gente não sofrer e atacar nos melhores pontos que o professor passar para que a gente busque à vitória.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco