4 ilustres presidentes do Atlético Mineiro

0

Mais de cinquenta nomes já representaram o comando da presidência do Clube Atlético Mineiro em mais de 100 anos de história. Os responsáveis por mudanças significativas na estrutura do clube e os que contribuíram para períodos vitoriosos da equipe estão na lista que relembra importantes presidentes do Atlético Mineiro.

Importantes e vitoriosos presidentes do Atlético Mineiro

Lista de presidentes Atlético Mineiro
Imagem: Portal do Atleticano

1. Alexandre Kalil (2008–2014)

Alexandre Kalil Presidente Atlético Mineiro
Imagem: ESPN

Cinco vezes vencedor do Troféu Guará como o melhor dirigente da temporada no futebol mineiro, Alexandre Kalil é filho do ex-presidente atleticano Elias Kalil e presidiu o clube de 2008 até 2014.

Iniciou a carreira no meio desportivo ainda jovem, com vinte e cinco anos assumiu o voleibol do Clube Atlético Mineiro e colheu títulos da gestão na modalidade. É, em um contexto de títulos, o mais importante presidente que já comandou o Galo.

Conquistas como a Copa Libertadores da América 2013, Recopa Sul-Americana 2014, e a Copa do Brasil 2014 vencida em cima do rival Cruzeiro, aconteceram na gestão de Kalil.

Foi responsável pela contratação de Ronaldinho Gaúcho, que mais tarde viria a se tornar um dos maiores ídolos da história do clube pelas conquistas continentais junto a equipe mineira. Alexandre Kalil segue carreira política e foi prefeito da cidade de Belo Horizonte, capital do estado de Minas Gerais.

2. Nelson Campos (1958–1959, 1970–1973, 1974–1975 e 1987–1988)

Nelson Campos Presidente do Atlético Mineiro
Nelson Campos e Telê Santana / Imagem: blogs.uai.com.br

Presidente responsável por mudanças internas no clube e por trazer Telê Santana para o comando técnico da equipe que se sagraria como a primeira campeã do Campeonato Brasileiro, em 1971.

Nelson Campos foi um presidente atleticano em épocas distintas, e que contribuiu para a evolução do clube em gestões que vão desde a venda do antigo estádio até a conquista de títulos. Dirigiu o Atlético Mineiro em quatro oportunidades, sendo as mais longas durante a década de 1970.

A relação de Nelson Campos com o treinador mineiro Telê Santana foi além do título nacional em 1971, o presidente trouxe novamente Telê para o comando técnico em sua última passagem como presidente, em 1987. No ano seguinte, em 1988, o já consagrado treinador foi campeão mineiro. Entre as gestões de Nelson, o Galo foi três vezes campeão estadual em Minas Gerais, 1958, 1970 e 1986.

3. Elias Kalil (1980–1985)

Elias Kalil Presidente Atlético Mineiro
Imagem: galodigital.com.br

Elias foi o patriarca da família Kalil na presidência do Atlético Mineiro. Iniciou sua trajetória na equipe mineira em 1980, cumprindo com êxito a gestão do clube em seis anos de mandato. Feitos como a compra do terreno onde hoje é localizada a Cidade do Galo e a conquista de cinco edições do Campeonato Mineiro fizeram de Elias Kalil um dos mais importantes presidentes da história do Galo.

Mineiro e descendente de imigrantes sírios, Elias é pai de Alexandre Kalil, outro grande nome na lista de grandes presidentes do clube alvinegro, prefeito da cidade de Belo Horizonte e responsável por alguns dos títulos mais importantes da história recente do Atlético. Elias faleceu aos 63 anos de idade, em 1993, mas é seguidamente lembrado como exemplo de gestão no futebol mineiro.

4. Ricardo Guimarães (2001–2006)

Ricardo Guimarães Presidente Atlético Mineiro
Imagem: lance.com.br

O empresário Ricardo Guimarães comandou a presidência do clube entre 2001 e 2006, sua passagem pelo Atlético Mineiro tem mais a ver com solidez financeira do que com títulos e holofotes.

O fato é que Ricardo é um investidor do clube e muitas vezes responsável por contratações. Foi o alicerce inicial para a construção de uma equipe que viria a encantar os torcedores brasileiros com os títulos da Libertadores e Copa do Brasil nos primeiros anos da década de 2010.

No último ano de mandato de Ricardo, em 2006, a equipe se recuperou do rebaixamento, vencendo o Campeonato Brasileiro Série B e retornou à elite do futebol nacional. Atuante na vida financeira do clube, auxilia na tomada de decisão para reforços e melhorias na estrutura do Atlético Mineiro.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco