Jogador do Galo revela como se tornou recordista mundial

0

Assim como em 2021, o Atlético Mineiro disputa o Campeonato Mineiro, a Copa do Brasil, a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro em 2022. Por conta disso, o calendário que já seria apertado se disputasse menos competições, ficará ainda mais apertado.

No ano passado, o zagueiro Júnior Alonso jogou 74 partidas e foi o jogador de linha que mais atuou no mundo. Em 2022, o paraguaio já atuou em 23 partidas, vem sendo titular no Galo e afirma que não quer ser poupado contra o Juventude no próximo sábado (2):

“No ano passado joguei 74 jogos, fui o jogador de campo que mais jogou no mundo. Aqui no Atlético também. Trabalho sempre para estar ótimo, para estar nas melhores condições possíveis. Eu estou bem, estou para jogar no sábado, dependerá do professor Turco, ele tomará a decisão final. É normal, todo mundo se prepara. Tem jogadores que precisam de mais um dia, mais um jogo para estar em suas melhores condições.”

O zagueiro destaca que cada atleta tem um período de recuperação diferente e que alguns precisam de mais dias de descanso que outros:

“Tem jogadores que como em todos os times, precisam de mais um dia (de recuperação). Fisicamente não somos iguais, isso com certeza. Tem jogadores que precisam trabalhar um pouco mais de força, outros velocidade, o que é normal. O acúmulo de jogos também faz com que a gente não possa fazer esse tipo de trabalho. “

Alonso ainda revelou qual é sua rotina de treinos:

“Tem uma programação, eu tenho a minha: pessoalmente trabalho mesmo jogando, 3x por semana, trabalho força 2x por semana, porque sei que preciso, trabalho de fortalecimento, descanso que é fundamental, praticamente não estou saindo da minha casa. Eu posso falar só de mim, estou trabalhando no máximo, cuidando do meu corpo, do meu físico, para estar no alto nível, sei que o time e o clube precisam de mim e essa é minha responsabilidade. “

Júnior Alonso revela problemas do Galo

O Atlético-MG tem um dos melhores times do país, mas oscila muito ao longo da temporada e dentro dos jogos também. No sábado (25), chegou a estar perdendo por 2×0 para o Fortaleza, na terça-feira (28), abriu 1×0 contra o Emelec, mas cometeu uma série de erros, que acabaram custando o time uma vitória.

Perguntado sobre como os erros cometidos na partida de terça-feira e ao longo da temporada podem atrapalhar o time nas competições de mata-mata e no Brasileiro, Alonso destacou que não falta concentração ao time e que a equipe trabalha para corrigir os erros:

” Eu não falaria que estamos fazendo um trabalho errado, nem temos falta de concentração, a gente trabalha todo dia sobre isso, conversamos com os companheiros, falamos com o Turco sobre todos esses detalhes. Hoje estamos em uma situação que não podemos ter muitos erros, porque já estamos na fase final mata-mata, onde você tem um pequeno erro e paga caro.”

O zagueiro ainda destaca que na partida contra o Emelec, o time teve chances para ampliar, acabou não aproveitando e foi punido com o gol:

“Eu acho que por exemplo, o jogo da terça, a gente teve a possibilidade de matar o jogo, não fizemos o gol, tomamos aí um pênalti duvidoso, mas muitas vezes temos a possibilidade de fazer o segundo, terceiro, a gente não está tendo essa tranquilidade de fazer o gol, de tomar a melhor decisão, é normal, acontece.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco