Presidente do Galo revela bastidores de liga nacional: “União não sei dizer se tem 100%”

0

Após os clubes brasileiros terem chegado a um acordo com a CBF para que a entidade apoiasse a criação de uma Liga, as negociações estão travadas. Na manhã da última terça-feira (3), uma reunião foi realizada para a assinatura dos documentos que formalizariam a criação do novo torneio, mas apenas oito times assinaram o acordo.

O Atlético se recusou a assinar qualquer acordo uma vez que Corinthians e Flamengo fazem questão de continuarem a ser os clubes mais bem pagos em cotas de TV do torneio. Quem também se incomodou com o fato foram os dirigentes de Fortaleza e Atlhético Paranaense. Em entrevista ao GE, o presidente Sérgio Coelho, explicou que os clubes estão buscando se unir ao máximo para que o acordo saia do papel:

“União não sei dizer se tem 100%. O que estou achando é que, para criar a Liga, é preciso unir. Esse é o papel que estamos tentando fazer junto aos clubes que assinaram e os que assinaram, para que todos assinem. Não é fácil. É preciso calma e sabedoria para negociar de forma que atenda a todos. Continuo dizendo que temos esperança que a gente consiga isso. Não só o Atlético, mas o Inter, o Fortaleza… Todos estão com empenho na busca por união.”

Presidente do Galo explica impasses que impediram que Atlético assinasse acordo por criação da Liga

Sérgio Coelho ainda afirmou que o Galo, assim como outros clubes, ainda não assinou o documento para a criação da liga pois ainda existem impasses referentes ao repasse de receitas do torneio. Apesar disso, ele afirma que as conversas estão avançando sobre o tema e que em breve ele será resolvido:

“Sim. O ponto a ser negociado é o anexo do estatuto. Esse anexo trata-se das distribuição das receitas da Liga. Mas está próximo de acerto. Esse anexo faz parte, evidentemente, do estatuto, mas com premissas, não é algo definitivo. De qualquer forma, estamos estudando uma melhora na distribuição, é coisa pequena. Ou é preciso deixar isso mais claro no estatuto, que esse anexo serve como premissas. A distribuição em si, o percentual de cada item, são três: a parte fixa de cada clube, a performance no campeonato e o engajamento (da torcida). Vamos discutir isso e tenho esperança que iremos resolver.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco