7 curiosidades sobre Eduardo Sasha

0

Eduardo Sasha chegou ao Atlético em 2020 a pedido de Jorge Sampaoli, que gostaria de contar com um atacante de mobilidade no ataque. Embora nunca tenha de fato se firmado como titular no Galo, Sasha sempre foi importante para o elenco.

Vivendo um ótimo momento com a camisa do Atlético-MG, no meio da semana ele saiu do banco de reservas para marcar o único gol do Galo na derrota para o Tolima, ontem (29 ele começou entre os titulares e marcou o gol da vitória alvinegra contra o Avaí. O bom momento do atacante também é percebido nos números, Sasha é o vice-artilheiro da equipe na temporada com 10 gols ficando atrás apenas de Hulk, com 19. O Portal do Atleticano destaca 7 curiosidades sobre o camisa 18:

7- O Apelido é por causa do irmão

Sasha não é sobrenome, mas sim apelido, segundo o atacante, seu irmão mais velho era apelidado de Xuxa, em Porto Alegre e ao acompanha-lo, Eduardo foi apelidado de Sasha, o nome da filha da Xuxa.

6- Quase foi descartado por Jorge Sampaoli

Jorge Sampaoli é um dos treinadores mais talentosos da América Latina, apesar disso, o argentino é extremamente temperamental e metódico. Por conta disso, ele sempre tem dificuldades nos clubes que passa, já que quer sempre que as coisas sejam feitas do seu jeito.

Quando chegou ao Santos, o treinador colocou Eduardo Sasha na lista de jogadores que não seriam utilizados por ele, mas o atacante se empenhou nos treinos e se reinventou, passando a jogar como um falso nove, se tornando peça fundamental para à equipe do Peixe.

Sampaoli gostou tanto de Sasha, que quando chegou ao Galo em 2020 e precisava de um atacante, exigiu a contratação do camisa 18 junto ao clube paulista.

5- Dançou valsa para provocar o rival

Em 2016 o Inter foi hexacampeão Gaúcho, com direito a gol de Eduardo Sasha na final. O atacante aproveitou à ocasião para provocar o rival Grêmio, que à época vivia uma seca de títulos. Sasha dançou valsa com a bandeirinha de escanteio para simbolizar os 15 anos sem títulos do rival.

O tiro acabou saindo pela culatra, uma vez que no final de 2016 o Inter acabou rebaixado à segunda divisão e o Grêmio venceu à Copa do Brasil em cima do Atlético. No ano seguinte o Imortal voltaria à levantar um troféu, o da Libertadores da América.

4- Já fez gol de título pelo Galo

Eduardo Sasha marcou no primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro de 2020, para ajudar o Atlético a conquistar o primeiro título do tricampeonato estadual.

3- Fez parte do tricampeonato estadual

Em 2022 o Atlético venceu o Campeonato Mineiro pela terceira vez seguida, algo que só aconteceu em outros dois momentos na história do clube. Embora Hulk seja o principal nome desse Galo multicampeão, ele não fez parte de todas as conquistas, já que chegou em 2021. Sasha, por sua vez, é um dos atletas que esteve presente em todas as conquistas.

2- O Atlético é clube em que mais ganhou troféus na carreira

Por ter chegado ainda no começo de 2020, Sasha foi um dos atletas que fez parte de todos os títulos conquistados pelo Atlético nos últimos anos. São seis troféus conquistados pelo Galo, que é o clube em que ele mais vezes se sagrou campeão em toda sua carreira. Pelo Internacional, ele venceu 5 títulos estaduais.

1- O Galo é o segundo clube que mais vezes defendeu

Com 111 jogos em preto e branco, o Atlético é o segundo time que Sasha mais vezes defendeu na carreira. Em terceiro lugar está o Santos, por quem fez 104 jogos. Com 149 jogos, o Internacional é o clube que mais vezes defendeu na carreira.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco