Antigo dirigente do Cruzeiro menosprezou jogador do Galo e se deu mal

0

Cruzeiro e Atlético são rivais históricos, uma rivalidade essa, que não se resume somente às quatro linhas e que chega a limites inimagináveis. Apesar disso, muitos jogadores já defenderam os dois clubes. O caso mais recente é o do lateral esquerdo Dodô, contratado pelo Galo em 2021.

À época da contratação o ex-diretor do Cruzeiro, Carlos Ferreira Rocha, fez questão de provocar o Atlético pela contração, que segundo ele, era um grande tiro no pé e que Dodô, assim como fez no Cruzeiro, só daria prejuízo ao Galo:

“Tiro no pé. Parece que tem um Itair (Machado, ex-vice-presidente de futebol do Cruzeiro) do outro lado da Lagoa. Grande negócio! Vamos rir bastante.”

Dodô deixou o Cruzeiro em 2020 tendo seu contrato rescindido na justiça por conta do atraso de salários e outros recebíveis por parte da Raposa. Embora Carlos tenha falado que o Galo deu um tiro no pé ao contratar o lateral, ele foi peça importante nas conquistas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil de 2021, cobrindo bem a ausência de Guilherme Arana, quando foi o mesmo foi convocado pela Seleção. Com a camisa do Atlético são 37 jogos, 1 gol e 5 títulos.

Saiu brigado do Galo e foi rebaixado com o Cruzeiro

Frederico Chaves Guedes é um dos maiores centroavantes brasileiros do século, marcando gols por onde passou, ele sempre desperta grandes emoções nos torcedores, seja para o bem ou para o mal. O atacante, atualmente no Fluminense, teve passagem pelo Atlético de 2016 a 2017 tendo feito 83 jogos e 41 gols pelo Galo.

Fred deixou o Atlético de forma conturbada, após rescindir seu contrato com o clube, ele assinou uma cláusula que o obrigaria a pagar R$10 milhões ao Galo caso assinasse com o Cruzeiro. Poucos dias após rescindir seu contrato com o alvinegro, o camisa 9 era apresentado na Toca da Raposa.

Desde então, o atacante que já não era bem visto pela torcida do Galo antes de sua chegada, passou a ser ainda mais odiado pelos atleticanos. O reencontro entre as duas partes seria amargo, mas precisou ser adiado, uma vez que Fred rompeu seu ligamento do joelho e não jogou contra o Galo em 2018.

O reencontro finalmente entre o camisa 9 e a Massa do Galo finalmente aconteceu na final do Campeonato Mineiro de 2019. O Cruzeiro, que havia vencido a parida de ida por 2×1, chegou ao Horto podendo ser derrotado por até 1×0 para garantir o título. O Atlético chegou a fazer 1×0 com Elias e sonhar com o título, mas Fred, de pênalti, fez 1×1 e pôs fim aos sonhos atleticanos.

Antes do fim do jogo o atacante ainda se desentendeu com o ex-companheiro de Galo, Victor, por conta de uma demora excessiva para a cobrança de uma falta. Quando o juiz apitou o fim do jogo e o Cruzeiro se sagrou campeão, Fred desabafou e fez questão de provocar o ex-clube:

“Eu fiquei olhando lá pra cima (local onde a diretoria do Atlético fica no Independência). Eu queria ver o Sette Câmara. Teve um desgaste a minha saída, o jeito que foi, fui escorraçado. Eu caí para cima. Já ouviu isso? Eu caí para o Cruzeiro, minha vida está nas mãos de Deus.”

Quis o destino que meses após provocar o Atlético sobre cair, Fred de fato caísse com o Cruzeiro. O camisa 9 fez parte do grupo que foi rebaixado com a Raposa pela primeira vez na história em 2019. Ele teve seu contrato rescindido no começo de 2020, quando retornou a Fluminense, clube que defenderá até o meio do ano, quando se aposentará do futebol.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco