Diego Tardelli: atacante brilhou em suas passagens pelo Galo

0

Diego Tardelli é um dos maiores ídolos da história do Galo, com três passagens por Belo Horizonte, o atacante tem um lugar especial no coração do torcedor atleticano. Ele venceu a Libertadores 2013 e marcou mais de 100 gols com a camisa alvingra.

Foram três passagens pelo time mineiro, cravando seu nome na história do Atlético. Primeiro, foi goleador de um time que carecia de bons jogadores e ídolos, depois voltou para fazer bonito ao lado de Ronaldinho, Jô, Bernard e companhia.

Formação no São Paulo e passagens pela Europa

Revelado no São Paulo em 2004, o atacante fez parte do esquadrão campeão da América em 2005, Tardelli marcou um dos 4 gols na final contra o Athletico-PR. O destaque com a camisa tricolor fez com que fosse negociado com o Real Bétis-ESP em um empréstimo de 6 meses.

Ao fim do seu período na Espanha, Tardelli rumou ao São Caetano a pedido de Emerson Leão, treinador que o revelou para o futebol. Com boas atuações pelo Azulão, Tardelli voltou ao Velho Continente, o destino dessa vez era a Holanda, a missão? Vestir a camisa de um dos mais tradicionais clubes do país, o PSV.

Com a camisa alvirrubra, Diego Tardelli teve boas atuações e sagrou-se campeão Holandês em 2007. Ao fim da temporada o atacante voltou ao São Paulo e fez parte do elenco campeão Brasileiro naquele ano.

Ida ao Flamengo e chega ao Atlético Mineiro

Em 2008, o artilheiro foi negociado com o Flamengo e conseguiu até certo destaque, sendo importante na conquista da Taça Guanabara e do Carioca. Após uma séria lesão no braço, Tardelli perdeu espaço no Fla e ficou escanteado até 2009, quando novamente a pedido de Emerson Leão, o Atlético buscou sua contratação. 

Se iniciava o primeiro ato de Diego Tardelli com a camisa alvinegra, o camisa 9 fez sua estreia pelo Galo em 17 de janeiro de 2009, em partida válida pelo Torneio de Verão do Uruguai. O Atlético foi derrotado por 4×2 pelo rival, mas o atacante marcou os 2 gols alvinegros na partida.

O Atlético oscilou muito naquele ano e ele foi a única peça constante na equipe, com 42 gols no ano foi artilheiro do Brasil. A temporada seguinte foi marcada por uma boa parceria com o atacante Obina e por lesões, mesmo assim, Tardelli terminou o ano com 25 gols.

Segunda e terceira passagens de Diego Tardelli pelo Galo

Em 2011, foi negociado com o Anzhi da Rússia, a passagem pelo país europeu foi apagada e em 2012 rumou ao Qatar, para defender o Al-Garafa. Clube que ficou até 2013, quando retornou ao Atlético para sua Lua de Mel com a Massa do Galo: nas temporadas seguintes ele seria campeão da Libertadores e da Copa do Brasil, marcando de vez seu nome na história do Atlético.

Em 2015 foi negociado com o Shandong Luneng, da China, clube cujo segundo o atacante, ele foi em busca de sua independência financeira. Após 4 anos do outro lado do planeta e alguns milhões a mais na conta, Tardelli estava pronto para retornar ao Brasil e todos esperavam que ele retornasse a BH, não foi o que aconteceu e o atacante foi para Porto Alegre, defender o Grêmio.

A passagem de Diego pelo tricolor imortal foi conturbada e ele rescindiu seu contrato em dezembro de 2019. Em fevereiro de 2020, Tardelli selou seu retorno a BH e ao Galo.

A terceira passagem de Diego pela Cidade do Galo foi a menos brilhante de todas, o atacante sofreu uma grave lesão em um jogo treino e passou boa parte de 2020 se recuperando dela. Quando finalmente esteve em forma, não estava nos planos do argentino Jorge Sampaoli.

Últimos momentos com a camisa alvinegra

Diego Tardelli ainda chegou a jogar o Campeonato Mineiro de 2021 pelo Galo, marcando 2 gols em 5 partidas e fazendo parte do elenco campeão. Com apenas 11 jogos e 2 gols em pouco mais de um ano, a diretoria alvinegra optou por não renovar o contrato do camisa 9 ao fim do estadual. No total, foram 230 jogos, 112 gols e 6 títulos.

Após sair do Atlético, Tardelli teve rápida passagem pelo Santos em 2021, apesar de pouco brilho, o atacante era peça importante do Peixe. Já defendendo o alvinegro praiano, Diego foi recepcionado com muito carinho pela torcida atleticana no confronto entre as duas equipes pelo Brasileiro de 2021. Ao fim da partida o atacante se dirigiu a torcida atleticana e a reverenciou.

Após o fim da temporada de 2021 e após terminar seu contrato com o Santos, Tardelli levou seus filhos ao Mineirão para assistir o Galo fazer 4×0 no Athletico Paranaense na final da Copa do Brasil. O camisa 9 é a prova viva do mantra da torcida atleticana: entra funcionário e sai torcedor.

tardelli_atletico_vs_america_-_camp_mineiro_-_16_05_2021_-_gledson_tavares_framephoto_gazeta_press.jpg_1951317814
você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco