Hulk abre o jogo e faz reclamações contra árbitro de Atlético-MG x Fluminense

0

O Atlético-MG foi derrotado por 5×3 pelo Fluminense na noite de ontem (8), colocando fim à uma invencibilidade de 4 anos contra o Tricolor das Laranjeiras. Sem contar os 5 gols sofridos ontem, a última vez em que o Galo havia levado mais de quatro gols em uma única partida foi em 2011.

O atacante Hulk considerou o resultado como inaceitável, para ele, o time não pode tomar cinco gols em um jogo importante e todos, incluindo ele, são culpados pelo resultado. O camisa 7 ainda destaca que muitas coisa precisam ser concertadas dentro do grupo:

“Muitas coisas precisam ser concertadas e alinhadas. Não é normal num jogo tão grande como esse tomar cinco gols. Quando falo isso não é culpando nossa defesa, mas o coletivo geral. Começando por mim ali na frente. Nós não podemos tomar cinco gols. Isso é inadmissível.”

Apesar de assumir a responsabilidade do resultado, Hulk saiu de campo muito incomodado com a atuação do árbitro Leandro Pedro Vuaden:

“O que me chama atenção é um árbitro como o Vuaden, tão experiente… Falei pra ele: ‘professor, vc é um cara experiente, tem que ter controle do jogo.’. Não é normal o André, o Otávio faz a falta nele e leva uma peitada do André. Qualquer lugar no mundo isso é amarelo, seria o segundo dele.”

O craque do Galo ainda reclama de um lance específico, em que foi derrubado por David Braz e em que poderia ter feito 4×3 Galo:

“A falta em mim ali, quando estava 3 a 3. Eu ia isolar, o Braz faz a falta em mim. Falei: ‘como você não dá uma falta dessa, professor? Pelo amor de Deus.’ Ele vira e fala que se fosse falta, o VAR chamava ele. O VAR não interfere em falta, só em situação de gol ou expulsão. A bola foi fora da área, foi falta. Não deu porque não quis. Aí vem justificar dizendo que o VAR chamava… Pelo amor de Deus. Fiquei sem entender.”

Técnico do Atlético-MG assume a responsabilidade por derrota

O treinador Antonio Mohamed assumiu a culpa sobre a goleada sofrida para o Flu. El Turco ainda destaca o pouco tempo para trabalhar, mas que tentará corrigir os problemas:

“Na verdade, foi uma noite muito ruim, muito ruim da equipe. Sou responsável.[…]Na verdade, hoje, defensivamente, não saiu nada, tanto quando jogamos fechado quanto quando tentamos pressionar.[…] Temos que fazer ajustes individuais, porque não temos tempo para trabalhar. Nos preparamos para o jogo somente falando.”

Com a derrota o Galo não só perde à chance de assumir a liderança da competição, como segue 2 pontos atrás do líder Corinthians e pode ver o Palmeiras não só assumir a ponta, como também abrir três pontos de vantagem. Quarto colocado com 16 pontos, o alvinegro ainda pode ser ultrapassado pelo Coritba ou pelo São Paulo, que se enfrentam hoje (9) e que em caso de vitória de um dos dois, podem chegar aos 17 pontos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Flamenguistas Não Aguentam E Rejeitam Ídolo Do Atlético-MG Saiba Em Quais Jogos Guilherme Arana Deve Desfalcar O Galo Craque Internacional Deixa O Atlético-MG Na Mão E Se Oferece Para Rival Aceitaria De Volta? Ídolo Do Atlético-MG Está Sem Clube E Pode Voltar De Graça Cuca, Jesus Ou Outro? Torcida Do Galo Elege Favorito Para Substituir El Turco